Estudante gaúcho é o campeão do Prêmio Estudantes


Luis Geovanne Noal, da Unipampa, ganhou também nas categorias texto e áudio

Luis Noal – estudante de jornalismo da Unipampa

Luis Geovanne Noal levou a melhor entre as dezenas de reportagens que concorreram nas categorias de texto, áudio e vídeo da sexta edição do Prêmio Estudantes de Jornalismo, realizado pela Autoinforme com apoio da Hyundai Motor Brasil. Noal é estudante do oitavo semestre da Universidade Federal do Pampa, a Unipampa, no Rio Grande do Sul.

O campeão ficou em primeiro lugar na categoria de áudio e na categoria de texto com a matéria “O caso Fernando de Noronha: substituindo seis por meia dúzia?”

Para o jornalista do Grupo Bandeirantes, Sidnei Maschio, um dos jurados do concurso, a matéria de Luis foi muito bem escrita:

“A reportagem de Luis Noal tem todos os elementos necessários pra contar a história, tem o mérito de ter focado num tema fechado, sem querer abarcar o mundo. Ótimo texto, sem erros nem excessos”, disse o jurado, que é editor apresentador do Canal Terra Viva.

A Cásper Líbero foi a faculdade que mais colocou estudantes entre os finalistas. Leonardo Godoy ficou em segundo lugar na categoria texto com a reportagem “Os desafios da mobilidade alternativa no Brasil” e na terceira colocação empataram mais dois representantes casperianos: Lucas Del Papa, com a matéria “Próxima parada? Ônibus híbrido” e Laura Okida, com “Startup pode ser parte da solução para o efeito estufa”.

Na categoria de áudio, o segundo lugar foi conquistado por João Pedro Bezerra, estudante da Universidade Santa Cecília, a Unisanta, de Santos, e o terceiro por Simone Ramos, aluna da Universidade de Taubaté, a Unitau.

Única participante na categoria vídeo, a estudante Bruna Marquesini, da CEUNSP, universidade de Salto, vai receber um prêmio de reconhecimento, com o aval de um dos mais importantes jornalistas da TV Globo, que integrou o júri do Prêmio Estudantes de Jornalismo:

“Apesar de ser o único trabalho em vídeo, foi muito bem feito. Merece um reconhecimento e uma homenagem”, considerou Valmir Salaro.

Repórter do Fantástico, Valmir elogiou o alto nível das reportagens que concorrem ao prêmio deste ano:

“Todas as matérias estavam muito boas, os possíveis erros podem ser relevados diante da qualidade dos trabalhos. Todos mereciam o Prêmio”, concluiu.

Os vencedores vão fazer uma visita à fábrica da Hyundai Motor Brasil, apoiadora do Prêmio, em Piracicaba, para conhecer a moderna linha de montagem do Creta e do novo HB20.

Júri

Nesta sexta edição, o júri do Prêmio foi de peso. Alberto Gaspar, renomado jornalista da rede Globo, Valmir Salaro, repórter do Fantástico, Celso Zucatelli, âncora do Balanço Geral da TV Record, Tião Oliveira, editor do Jornal do Carro, complementaram o time que avaliou os trabalhos dos estudantes, além dos profissionais que já julgaram os trabalhos do prêmio de 2018, ou seja: Fernando Calmon, editor da coluna Alta Roda, Paulo Campo Grande, editor da revista Quatro Rodas, Thays Freitas, diretora de jornalismo da Rádio Bandeirantes, Agostinho Teixeira, apresentador e repórter da Rádio Bandeirantes, Diego Castellari, diretor de TV, Koichiro Matsuo, diretor da Textofinal de Comunicação, Maurício Jordão, gerente de Relações Públicas e Imprensa da Hyundai,  Sidnei Maschio, jornalista do Grupo Bandeirantes e Joel Silveira Leite, diretor da Autoinforme.